Noticias

Burger King e Popeyes também vão fechar salões no Brasil

Foto: iStock

da redação da Menu

Assim como o McDonald’s, as redes de fast-food Burger King e Popeyes vão fechar os salões de todos os seus restaurantes de rua no País por causa da pandemia de coronavírus. O anúncio foi feito pela Burger King do Brasil, que opera as duas redes, e passa a valer a partir da próxima segunda-feira.

A empresa vai concentrar seus esforços nos pedidos para viagem, que podem ser feitos a partir dos aplicativos de entrega iFood, Rappi e Uber Eats. “Serviços essenciais como hospitais, farmácias e a área de alimentação não podem parar nesse momento, pois são setores chave para ajudar a população nessa etapa difícil”, disse Iuri Miranda, presidente da Burger King do Brasil.

+ McDonald’s vai fechar salões e reforçar delivery no Brasil
+Reino Unido determina o fechamento de pubs e restaurantes
+iFood vai ajudar pequenos restaurantes com R$ 50 milhões

No caso dos shopping centers, valerão as medidas adotadas em cada Estado. Em São Paulo, por exemplo, a orientação é que shoppings fiquem fechados entre os dias 23 de março e 30 de abril, mas os estabelecimentos não são obrigados a seguir a recomendação. O governo estadual, porém, pode proibi-los de funcionar a qualquer momento.