Noticias

Sem clientes, strippers fazem delivery de comida nos EUA

Foto: iStock

da redação da Menu

Assim como está acontecendo no Brasil, outros países ordenaram que as pessoas fiquem em casa e fechou bares e restaurantes, que continuam liberados para fazer entregas ou aceitar pedidos para retirada. Claro, o faturamento com esse serviço é bem menor do que com o atendimento ao vivo, mas é um jeito de amenizar a perda de faturamento.

Mas, como diz o ditado, “a necessidade é a mãe da invenção”. Em Portland, no Estado do Oregon (EUA), a casa de strip-tease Lucky Devil Lounge encontrou uma maneira criativa de enfrentar a crise: o dono, Shon Boulden, criou o serviço de delivery Boober Eats. No lugar de motoboys, porém, as entregas são feitas pelas strippers contratadas pela casa.

+Chefs de SP fazem delivery na quarentena; saiba onde pedir
+ Confira 10 sugestões para ver no streaming durante o isolamento
+Isolamento leva pessoas a fazerem happy hours virtuais

De acordo com o site HuffPost, duas garotas levam as comidas preparadas no Lucky Devil Lounge aos clientes com trajes mínimos e de topless. Elas são levadas aos endereços por um segurança, para evitar problemas. No total, a casa tem uma equipe com 30 strippers e oito seguranças.

Como era de se esperar, as dançarinas estão faturando menos, mas pelo menos estão trabalhando e conseguindo algum dinheiro. E, como a quarentena na cidade não tem prazo para acabar, o dono da casa de strip-tease espera que os pedidos aumentem à medida que o serviço fique mais popular.