Noticias

Vendas de bacon caem nos EUA por causa de quarentena

Foto: iStock

da redação da Menu

Quem diria: a nação que inventou a “bacon mania” está deixando o produto de lado das prateleiras dos supermercados nesses tempos de quarentena.

De acordo com uma reportagem da agência de notícias Bloomberg, ainda não é possível ter uma ideia precisa de quanto as vendas caíram, mas os preços estão em queda, indicando uma demanda menor.

+Quarentena faz vendas de queijo caírem 60% no Brasil
+Aprenda a usar o freezer como aliado durante a quarentena
+Saiba como higienizar compras de delivery e de supermercado
+Saiba quais comidas não devem ser guardadas na geladeira

Segundo o Departamento de Agricultura dos EUA, a libra (450 g) do defumado hoje é vendida, em média, por US$ 0,41, o menor valor desde 1999. Duas semanas atrás, o preço médio da libra do produto era de US$ 0,93.

Uma das explicações é que, nos últimos anos, as pessoas passaram a consumir mais bacon em restaurantes e redes de fast-food. E, como esses estabelecimentos estão fechados por causa da quarentena, as vendas diminuíram.