Noticias

Delivery de comida não transmite coronavírus, diz especialista

Foto: iStock

da redação da Menu

Com a quarentena em curso e o medo de ser infectado com o coronavírus nas alturas, é fácil encontrar alguém que está praticamente lavando a caixa da pizza entregue em casa com álcool gel.

Mas não é preciso se preocupar tanto, de acordo com Ben Chapman, professor e especialista em segurança alimentar da Universidade Estadual da Carolina do Norte (EUA). Segundo Chapman, o mais importante é evitar o contato com o entregador e lavar bem as mãos depois de receber e abrir as embalagens.

Nos EUA, chefs começam a desistir de trabalhar com delivery
Jurados do MasterChef Brasil se rendem ao delivery
Aprenda a usar o freezer como aliado durante a quarentena

“O maior risco está nas outras pessoas. Por isso o distanciamento social é tão importante”, afirmou o especialista ao site de notícias norte-americano Vox. Para Chapman, as pessoas estão muito preocupadas com a situação e tentam sentir algum controle ao lavar os alimentos.

Ele acrescenta, no entanto, que não é preciso ficar paranoico: “Entregas sem contato são a melhor maneira, pois você não interage com outras pessoas. Se comida para viagem ou delivery fosse realmente um problema, o serviço já teria sido interrompido”, avalia.

Do ponto de vista científico, não há nenhuma evidência de que o coronavírus possa ser transmitido pela comida ou pelas embalagens, mesmo que o entregador esteja contaminado e não apresente os sintomas. “É só não tocar o rosto e lavar bem as mãos ao entrar na cozinha”, diz.

Já para quem precisa ir a supermercados, Chapman recomenda sempre usar uma máscara e manter uma distância de dois metros de outras pessoas, além de lavar bem as mãos ao voltar para casa e depois de organizar as compras.

Outra recomendação do especialista está relacionada ao preparo dos alimentos, algo que as pessoas estão descuidando neste momento. “As pessoas se esquecem de lavar as mãos e as áreas de trabalho enquanto estão cozinhando”, observa. Chapman sugere que as pessoas lavem rapidamente essas áreas enquanto manipulam alimentos e, depois, lavem com mais cuidado as superfícies.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana