Noticias

Coronavírus pode levar setor de carnes dos EUA ao colapso

Foto: iStock

da redação da Menu

O suprimento de cortes bovinos, de aves e porcos pode entrar em colapso nos Estados Unidos, de acordo com reportagem publicada no site Eater. Isso porque houve um grande aumento no número de casos de coronavírus entre os trabalhadores dos grandes frigoríficos, como Tyson Foods, JBS USA e Smithfield Foods.

De acordo com reportagens publicadas em outros veículos de notícias, como Washington Post e USA Today, os frigoríficos se tornaram epicentros da pandemia. Segundo o Washington Post, os gerentes das fábricas encorajaram os funcionários a trabalhar mesmo doentes – os empregados também não receberam equipamentos de proteção adequados.

+Restaurantes dos EUA já demitiram 8 milhões de trabalhadores
+Coronavírus pode reduzir produção de cervejas nos EUA
+Vendas de bacon caem nos EUA por causa de quarentena
+Indústria de alimentos veganos fatura US$ 5 bi nos EUA

Cerca de 2.200 trabalhadores do setor foram infectados pelo covid-19 e 48 frigoríficos de todo o país registraram casos de coronavírus em suas instalações, o que forçou o fechamento temporário desses estabelecimentos. A produção de carne bovina e suína já sofreu uma queda de 25% por causa da pandemia.

Em um anúncio publicado nos principais jornais norte-americanos, o presidente da Tyson Foods, John Tyson, afirma que “milhões de quilos de carne” vão desaparecer da rede de abastecimento, que “está quebrando”.

Segundo ele, milhões de frangos, porcos e gados serão “despovoados” por causa do fechamento dos frigoríficos. O termo é um eufemismo para o extermínio em massa desses animais, que não poderão ser aproveitados como alimento.

Isso já aconteceu em algumas granjas, que sacrificaram 2 milhões de aves que não poderiam ser transformadas em alimento, já que os frigoríficos responsáveis pelo processamento das carnes estão sem funcionários, afastados por causa do covid-19.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana