Noticias

Bares e restaurantes demitiram mais de 2 milhões no Brasil

Foto: iStock

da redação da Menu

O segmento de bares e restaurantes já demitiu mais de 2 milhões de trabalhadores por causa da pandemia de coronavírus, segundo o escritório de São Paulo da Associação Brasileira de Restaurantes (Abrasel-SP). Cerca de 20% dos estabelecimentos do setor quebraram e 400 mil pequenos empresários perderam seus negócios.

Para que a situação não se agrave, a Abrasel-SP lançou uma campanha para estimular o isolamento social na Grande São Paulo e evitar que seja decretado um lockdown na região e o comércio possa voltar a funcionar a partir de 1º de junho.

+Chefs pedem US$ 120 bi para socorrer restaurantes dos EUA
+Restaurantes dos EUA já demitiram 8 milhões de trabalhadores
+Instagram vai lançar ferramenta de doação para restaurantes

A campanha será dirigida aos milhares de estabelecimentos do setor e também buscará atingir o consumidor final através de folders enviados com os pedidos por delivery.

“A situação atual demonstra que, apesar dos esforços, as autoridades não estão conseguindo o isolamento necessário. É importante que a sociedade civil contribua com esse esforço”, afirmou Percival Maricato, presidente da Abrasel-SP

“Se a contaminação e o número de mortes não diminuir, não poderemos voltar ao trabalho. Estamos próximos do isolamento ideal, vale o esforço para acabarmos com essa situação aflitiva”, acrescentou.