Noticias

Câmara aprova projeto que permite restaurantes doarem alimentos

Foto: iStock

da redação da Menu

Foi aprovado nesta terça-feira (19) pela Câmara dos Deputados um projeto de lei que permite que bares e restaurantes doem alimentos e refeições. Pelo texto aprovado, os estabelecimentos poderão doar alimentos crus ou preparados no local, desde que não tenham sido consumido em parte por um cliente.

Ou seja, sobras não podem ser doadas, mas alimentos excedentes, como pratos que foram pedidos e não consumidos, podem. Até o momento, isso era proibido por uma lei de 1990, que estipulava prisão de de dois a cinco anos e multa a quem entregar matéria-prima ou mercadoria em condições impróprias ao consumo.

+Campanha de Henrique Fogaça já doou mais de 10 mil marmitas
+Instagram vai lançar ferramenta de doação para restaurantes
+Restaurante de Búzios doa estoque avaliado em R$ 100 mil

Além de bares e restaurantes, empresas, hospitais, supermercados e cooperativas estão liberados a doar alimentos. De acordo com a proposta aprovada, os beneficiários da doação devem ser “pessoas, famílias ou grupos em situação de vulnerabilidade ou de risco alimentar ou nutricional”.

Os doadores de alimentos só serão responsabilizados na esfera civil e administrativa se for comprovada a intenção de prejudicar terceiros com a doação. O texto já havia sido aprovado pelo Senado, mas, como foi alterado pelos deputados, retornará para nova análise dos senadores.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana