Noticias

Após críticas, iFood dobra fundo de auxílio a restaurantes

Foto: iStock

da redação da Menu

Após receber críticas de donos de restaurantes por causa do reajuste nas taxas de entrega cobradas desses estabelecimentos, o iFood anunciou novas medidas de auxílio financeiro para o setor. Agora, a empresa dobrou o fundo de apoio a restaurantes e vai destinar R$ 100 milhões para estabelecimentos parceiros durante a pandemia de coronavírus.

“A empresa estendeu o prazo das medidas que seriam inicialmente realizadas até o final de maio para o dia 30 de junho. Com isso, o iFood anuncia que vai dobrar o fundo de assistência a seus estabelecimentos parceiros, totalizando agora em R$ 100 milhões”, afirmou a empresa, por meio de comunicado.

+Restaurantes da Vila Olímpia farão ato por ajuda financeira
+Restaurantes reclamam de aumento em taxas de entrega do iFood
+iFood vai ajudar pequenos restaurantes com R$ 50 milhões

O aplicativo de entregas de comida também disse que continuará antecipando pagamentos sem custo financeiro para os restaurantes e injetando até R$ 2,5 bilhões de recebíveis no mercado, em parceria com a empresa Rede, que pertence ao Itaú, sem custo adicional. As taxas do serviço do ‘Pra Retirar’ (no qual os usuários fazem o pedido via app e retiram diretamente no restaurante) também permanecem zeradas.

Para os entregadores, a empresa afirmou que já destinou mais de R$ 14 milhões. Os entregadores que apresentam sintomas de covid-19 podem permanecer afastados por até 28 dias, mais que os 14 dias recomendados pelas autoridades de saúde. Nesse período, o entregador recebe do fundo solidário um valor baseado na média dos seus repasses nos últimos 30 dias, proporcional aos 28 dias de quarentena.

Já para aqueles que fazem parte do grupo de risco da doença (pessoas com mais de 65 anos ou que tenham condições de saúde pré-existentes), o fundo de apoio irá auxiliá-los até dezembro de 2020. O valor do auxílio também terá como base a média dos repasses anteriores.

A empresa ainda destaca a parceria com a ONG Ação da Cidadania. O iFood recebe doações via app e já arrecadou 300 toneladas de alimentos, que foram doados para famílias em situação de vulnerabilidade desde o início da pandemia.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana