Noticias

Aos 103 anos, mulher celebra cura do coronavírus com cerveja

Foto: Arquivo Pessoal

da redação da Menu

A polonesa Jennie Stejna, de 103 anos, se recuperou da covid-19, doença causada pelo coronavírus, e comemorou a vitória de uma maneira bem-humorada: uma das primeiras coisas que Jennie fez após saber que estava curada foi abrir uma cerveja.

Jennie está em uma casa de repouso em Massachusetts (EUA) e testou positivo para a doença no começo de maio. Os funcionários do local chegaram a telefonar para seus familiares para que eles fossem ao asilo para se despedir da idosa.

+Rede dos EUA lança cerveja feita com cachorro-quente
+Chef Kobe é a nova estrela da culinária nas redes sociais
+Cachorros entregam cerveja e alegria para clientes nos EUA

Apesar de toda a preocupação, Jennie se recuperou do coronavírus no dia 13 de maio. Segundo sua neta, Shelly Gunn, sua avó “é uma ávida jogadora de bingo” e sempre morou em Massachusetts.

“Ela também costumava sentar do lado de fora de sua casa para ouvir os jogos de beisebol do Red Sox (time de Boston) no rádio”, disse Shelly em uma entrevista a um jornal local.

Jennie se casou em 1938 com Teddy Gunn, que faleceu em 1992, aos 82 anos, e tem dois filhos, três netos, quatro bisnetos e três tataranetos. Depois da cerveja, o próximo desejo da senhora é ir a um estádio para assistir a um jogo de seu time do coração.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana