Noticias

30% dos restaurantes podem fechar em definitivo, diz Abrasel

Foto: iStock

da redação da Menu

Para o presidente nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Paulo Solmucci, cerca de 30% dos bares e restaurantes do País poderão encerrar definitivamente suas atividades caso fiquem fechados até o fim de junho.

Em entrevista à coluna Painel S.A., do jornal Folha de S. Paulo, Solmucci disse que mesmo a possibilidade de prorrogar os cortes nos salários dos funcionários não é suficiente. Para sobreviver, diz o presidente da Abrasel, o setor precisa retomar as atividades.

+Grandes redes de restaurantes demitiram 30% dos funcionários
+Coco Bambu demite 20% por causa de pandemia de coronavírus
+Restaurantes dos EUA já demitiram 8 milhões de trabalhadores

“Sem muito sentido, os bares e restaurantes estão ficando para o fim do processo de reabertura. A praça de alimentação dos shoppings poderia garantir distanciamento como as outras lojas. Se você libera cada vez mais as pessoas, onde elas vão comer?”, questiona Solmucci.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana