Noticias

Aéreas param de servir bebidas alcoólicas temporariamente

Foto: iStock

da redação da Menu

Muito provavelmente, a maioria das pessoas não está pensando em fazer uma viagem internacional tão cedo. Mas quem precisa tomar um trago para aguentar as longa horas de um voo para outro continente pode ficar preocupado com uma mudança anunciada pela companhia aérea britânica Virgin Atlantic – e que pode em breve ser seguida por outras empresas.

+Associação recomenda cortar bebidas alcoólicas para evitar câncer
+Venda mundial de bebidas alcoólicas vai cair 12% em 2020
+Supermercados dos EUA trocam saladas por bebidas alcoólicas

Isso porque a Virgin anunciou recentemente que vai remover “temporariamente” as bebidas alcoólicas de seus cardápios, mesmo na primeira classe e na executiva. A justificativa é que parar de servir as bebidas alcoólicas reduzirá o contato entre a tripulação e os passageiros, que pedem bebidas alcoólicas mesmo quando não está sendo feito o serviço de refeições.

A American Airlines e a Delta, por outro lado, removeram as bebidas alcoólicas (que eram cobradas) de voos nacionais e internacionais de curta duração, porém continuam a servir cerveja, vinho e destilados nos voos internacionais de longa duração. Felizmente, as medidas devem ser revistas ao longo dos meses e podem ser revertidas assim que a pandemia do coronavírus for controlada.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana