Noticias

59% dos bares e restaurantes de SP não vão reabrir agora

Foto: iStock

da redação da Menu

Quase 60% dos bares e restaurantes da cidade de São Paulo permanecerão fechados ou continuarão trabalhando apenas com delivery ou retirada, segundo pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Entre os motivos citados pelos donos de estabelecimentos para não reabrirem as portas estão as atuais regras, que limitam o horário de funcionamento até as 17h e proíbem mesas na calçada. Outro motivo apontado pelos comerciantes para manter as portas fechadas é a possibilidade de contaminação de coronavírus por clientes e funcionários.

+Saiba como frequentar bares e restaurantes com segurança
+Bares e restaurantes de SP poderão reabrir na segunda-feira
+44% dos clientes devem evitar restaurantes no pós-pandemia

Contando apenas os bares, 80% deles disseram que não vão reabrir e que é impossível trabalhar no horário permitido pela prefeitura da capital paulista – faz sentido, já que o maior movimento dos bares é noturno. A medida inviabiliza grande parte do setor”, disse em nota o presidente da Abrasel, Paulo Solmucci.

A Prefeitura de São Paulo tentou liberar o funcionamento de bares e restaurantes até as 22h, mas neste caso valem a regras estabelecidas pelo governo estadual, que limitou o horário para até as 17h. “Isso nos parece injusto e pouco racional”, disse Solmucci.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana