Noticias

Cliente se recusa a usar máscara e vandaliza café nos EUA

Foto: iStock

da redação da Menu

Usar máscara ao sair de casa deveria ser uma questão de bom senso, educação e, acima de tudo, segurança nesses tempos de pandemia de coronavírus. Muita gente, porém, ainda ignora a doença e se recusa a usar o acessório. Pior, há quem fique enfurecido ao ser questionado ou impedido de entrar em estabelecimentos por não usar uma simples máscara.

Foi o que aconteceu no último domingo no Abyssinia Market & Coffee House, misto de empório e cafeteria na cidade de Alexandria, no Estado de Virginia (EUA). Quando um cliente tentou entrar no estabelecimento sem o acessório, Lily Damtew, a proprietária, ofereceu a ele uma máscara descartável.

+Clientes brigam por causa de máscaras em restaurante nos EUA
+Barista se recusa a atender cliente sem máscara e ganha US$ 17 mil
+Garçonete se recusa a usar máscara em apoio a Trump e é demitida

Ele então colocou o acessório no queixo e começou a incomodar outras pessoas que estavam no local. Sem alternativa, Lily pediu para que ele se retirasse, o que deixou o homem enfurecido. “Não sou obrigado a usar uma máscara”, disse o homem, que não foi identificado, segundo o site de notícias locais “ALX Now”. Antes de sair, ele cuspiu na direção da proprietária e a insultou.

Quando tudo parecia tranquilo, porém, o homem voltou com um recipiente cheio de comida estragada e começou a jogar os alimentos na vitrine e nas mesas do lado de fora, fugindo em seguida. Lily acionou a polícia, que localizou e prendeu o vândalo algumas horas depois. Por causa do incidente, porém, ela voltou a fechar as portas e está atendendo apenas clientes que retiram os pedidos no local.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana