Noticias

iFood é condenado a indenizar cliente que recebeu pedido com barata

Foto: iStock

da redação da Menu

A Justiça do Distrito Federal condenou o iFood a indenizar em R$ 2.000 um cliente que recebeu um pedido com barata. O caso aconteceu após um consumidor, que não teve a identidade divulgada, comprar uma promoção com cinco pedidos surpresa por R$ 49 – ele apenas recebia os alimentos, mas não sabia quais eram os restaurantes responsáveis pelo preparo.

O homem disse ter encontrado o inseto logo ao abrir a embalagem do primeiro pedido recebido. Ele registrou o caso com fotos e pediu o cancelamento da compra com a empresa e o valor pago de volta. Quase dois meses depois, porém, a restituição dos R$ 49 valor não foi realizada, o que motivou o processo contra o iFood.

+Ratos famintos atacam clientes de restaurantes em Nova York
+Com restaurantes fechados, ratos ficam mais agressivos nos EUA

Na sentença, a juíza Marília de Ávila e Silva Sampaio, do 6º JEC de Brasília, condenou o aplicativo por danos morais em R$ 2.000 e ressaltou que a responsabilidade civil presente no Código de Defesa do Consumidor indica que a empresa deve zelar pela qualidade do serviço ou produto. O consumidor entrou com o processo em janeiro deste ano e a decisão foi publicada nesta semana no Diário Oficial.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana