Receitas

Cervejaria negra de Porto Alegre é alvo de ataques racistas

Foto: Reprodução/Facebook

da redação da Menu

A cervejaria Implicantes, de Porto Alegre, se considera a primeira cervejaria negra do Brasil, e isso tem incomodado bastante gente.

O preconceito ficou evidente após a cervejaria lançar uma campanha de financiamento coletivo – assim como outras empresas, a Implicantes está tendo dificuldades para manter o caixa em dia por causa da pandemia de coronavírus.

+Após ser acusada de racismo, Dogma retira cerveja de circulação
+Cervejarias dos EUA lançam rótulo contra preconceito racial
+Taco Bell demite funcionário por apoio a movimento negro

Para ajudar a divulgar a campanha, a namorada de um dos sócios da cervejaria publicou um post no Facebook, que foi alvo de dezenas de ofensas racistas, como “cervejaria alemã negra, onde vamos parar?”, “tem uma coisa que eu odeio e começa com ‘pre’ e termina com ‘to'”, entre outras ofensas.

Foto: Reprodução/Facebook

“Uma simples publicação desencadeou uma avalanche de comentários extremamente racistas. A única menção de cunho racial na postagem foi a de que somos a primeira Fábrica Cervejeira administrada por negros no Brasil. A intenção é que o Povo Preto saiba que eles estão sendo representados neste mercado que até ontem era majoritariamente branco”, reagiram os donos da cervejaria em um post no Instagram.

https://www.instagram.com/p/CDEWRN4HPjt/

Como há males que vêm para o bem, os comentários preconceituosos (e criminosos) ajudaram a dar visibilidade para a cervejaria. Antes dos ataques, a Implicantes havia arrecadado cerca de R$ 15 mil. Agora, a vaquinha conta com cerca de R$ 82 mil em doações. A meta da Implicantes é arrecadar R$ 150 mil até o dia 21 de agosto.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana