Noticias

Lagosta azul rara escapa de virar jantar e ganha vaga em zoológico

Foto: iStock

da redação da Menu

Uma rara lagosta azul escapou de virar um prato requintado em uma unidade do restaurante Red Lobster na cidade de Cuyahoga Falls, no Estado de Ohio (EUA). Ao perceberem que o animal era diferente dos outros que estão acostumados a preparar, os cozinheiros ligaram para um zoológico local para resgatar o crustáceo.

+Buldogue francês comendo burrito é a coisa mais fofa do dia
+Marmota comendo pizza é novo meme das redes sociais
+Cervejaria inglesa faz minipub para porcos-espinhos
+Conheça os principais nomes de animais de estimação inspirados em alimentos

Eles deram sorte: o animal foi colocado junto com outras lagostas em um tanque no qual o público escolhe sua lagosta. O movimento fraco por causa da pandemia de coronavírus, porém, evitou que alguém comesse a rara lagosta azul no jantar.

Instagram will load in the frontend.

Agora, o raro crustáceo está sendo (bem) cuidado pela equipe do zoológico de Akron, que a princípio batizou o espécime de Clawde. Alguns dias depois, porém, os veterinários descobriram que a lagosta é uma menina, e a rebatizaram como Clawdia.

Segundo o zoológico, lagostas azuis são bastante raras. A probabilidade de encontrá-las é de 1 em 2 milhões. Ela não é a mais rara de todas, no entanto. A chance de encontrar uma lagosta albina é de 1 em 100 milhões.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana