Bebida

Nova cerveja fica mais cara se desmatamento da Amazônia aumenta

Foto: Divulgação

da redação da Menu

Além de refrescar, a Amazônica, novo rótulo da Cervejaria Colorado, que pertence à AmBev, tem outro propósito: chamar a atenção para o desmatamento da Amazônia.

Para ressaltar a importância da preservação da floresta tropical, a cerveja apela para o bolso dos consumidores.

+Presidente da Abracerva renuncia após vazamento de mensagens racistas
+Homem improvisa e apaga incêndio com cerveja na Califórnia
+Dia Mundial da Cerveja: veja 7 curiosidades sobre a bebida

Se o desflorestamento da Amazônia aumenta, a cerveja fica mais cara. Por outro lado, ela fica mais barata se o desmatamento diminui, informa a cervejaria.

Nesta terça-feira (8), por exemplo, a Amazônica está à venda por R$ 5,49, mas o preço pode variar nos próximos dias. É possível acompanhar o valor da cerveja no site da Colorado.

Do estilo Witbier, ela é feita de trigo e busca valorizar ingredientes amazônicos, como o pacová e o babaçu, produzidos por comunidades locais.

Todo o valor arrecadado com a Colorado Amazônica será doado para a Rede de Cantinas da Terra do Meio, formada por ribeirinhos, indígenas e agricultores familiares.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana