Noticias

NY libera bares e restaurantes a atender clientes em ambientes fechados

Foto: iStock

da redação da Menu

Bares e restaurantes da cidade de Nova York poderão voltar a atender clientes em salões fechados, anunciou nesta quarta-feira (9) o governador do Estado, Andrew Cuomo.

+Ratos famintos atacam clientes de restaurantes em Nova York
+McDonald’s fecha loja icônica na Times Square, em Nova York
+Isolamento faz bares clandestinos ressurgirem em Nova York

O funcionamento será restrito a 25% da capacidade máxima de cada local e passa a valer no próximo dia 30. Também não será possível servir comida depois da meia-noite e a temperatura dos consumidores deverá ser medida na entrada.

Os clientes ainda deverão deixar seus contatos, não haverá serviço no bar, as mesas terão de ficar a dois metros de distância entre elas e os consumidores deverão usar máscara se não estiverem sentados à mesa.

Até agora, Cuomo evitava liberar o atendimento em ambientes fechados, por temer um aumento de casos do coronavírus. Ele acabou cedendo à pressão de políticos e proprietários de restaurantes, de acordo com informações da agência de notícias France Presse.

Na terça-feira (8), os empresários entraram na Justiça para obter a autorização para servir seus clientes em espaços fechados. Desde 22 de junho, os estabelecimentos podiam receber clientes em áreas abertas, como mesas instaladas em terraços, calçadas ou nas ruas.

Segundo o jornal “The New York Times”, cerca de 900 restaurantes da cidade fecharam definitivamente desde o início da epidemia em março.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana