Bebida

É verdade que cerveja pode retardar o envelhecimento?

Foto: iStock

da redação da Menu

Está circulando nas redes sociais e no WhatsApp uma notícia que parece ser boa demais para ser verdade: tomar cerveja pode retardar o envelhecimento.

+Cerveja mais forte do mundo tem 57,8% de teor alcoólico
+Nova cerveja fica mais cara se desmatamento da Amazônia aumenta
+Homem improvisa e apaga incêndio com cerveja na Califórnia

“Estudo israelense mostra efeitos positivos das leveduras nas células; pesquisa revela também que café teria efeito contrário”, diz o texto.

Foto: Reprodução

Para a alegria de quem aprecia uma gelada, a notícia é verdadeira. Segundo reportagem da Agência Lupa, o estudo foi divulgado em 2013 por cientistas da Universidade de Tel Aviv (Israel).

Os pesquisadores chegaram à conclusão de que a levedura da cerveja pode atrasar o envelhecimento das células. Mas é preciso moderação. O estudo reforça que o
consumo excessivo de álcool pode causar câncer e cirrose, entre outras enfermidades.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana