Noticias

Metade dos bares e restaurantes de NY pode fechar definitivamente

Foto: iStock

da redação da Menu

Até 50% dos bares e restaurantes da cidade de Nova York (EUA) pode encerrar definitivamente suas atividades no próximo ano por causa da pandemia de coronavírus, de acordo com um levantamento divulgado nesta quinta-feira pela empresa Comptroller Thomas DiNapoli.

+NY libera bares e restaurantes a atender clientes em ambientes fechados
+Ratos famintos atacam clientes de restaurantes em Nova York
+McDonald’s fecha loja icônica na Times Square, em Nova York

De acordo com o estudo, as restrições impostas ao setor de alimentação fora do lar na cidade, que só nesta semana voltou a receber clientes nas áreas internas, e com apenas 25% da capacidade total, é a principal explicação para a crise do segmento.

“Na melhor das hipóteses, bares e restaurantes estão trabalhando com margens de lucro mínimas”, afirma o relatório da DiNapoli. “O setor passa por uma turbulência sem precedentes, que pode levar metade dos endereços a fechar em definitivo”, indica a empresa.

Até o fim do ano, a empresa afirma que um terço de todos estabelecimentos deverá encerrar suas atividades. Com isso, aproximadamente 150 mil pessoas deverão ser demitidas. Em 2019, o setor de bares e restaurantes foi responsável por quase 318 mil empregos.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana