Noticias

66% dos restaurantes de SP estão no vermelho, diz Abrasel

Foto: iStock

da redação da Menu

Vai demorar para que bares e restaurantes de São Paulo se recuperem dos prejuízos causados pela pandemia do novo coronavírus, de acordo com levantamento da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel)

+Governo libera bares e restaurantes de SP a funcionar até as 23h
+Bares e restaurantes são os que mais violam regras de reabertura em SP
+Para Abrasel, 40% dos restaurantes de SP vão fechar em 2020

“Em todo o Brasil, 53% dos bares e restaurantes estão no prejuízo. Na cidade de São Paulo, o número é maior, são 66% deles no vermelho”, afirmou Paulo Solmucci, presidente da Abrasel, em entrevista ao site “Exame.com”.

Segundo a instituição, na capital paulista, 71% dos estabelecimentos do setor estão faturando menos da metade do que no mesmo período de 2019 – e não há previsão de recuperação a curto prazo.

“Uma de nossas pesquisas apontou que, para 41% dos donos de restaurantes da cidade, o negócio fica em um local onde o movimento de público ainda não voltou”, acrescentou Solmucci.

Até o momento, a associação indica que cerca de 300 mil bares e restaurantes já encerraram suas operações em todo o Brasil e mais 35 mil devem fechar as portas definitivamente até o fim deste ano.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana