Noticias

Fogaça diz que já demitiu funcionário que não provava as receitas

Foto: Divulgação

da redação da Menu

Todo chef sabe que é essencial provar as receitas antes de servi-las aos clientes. Se a receita estiver muito salgada ou faltar tempero, por exemplo, dá para refazer a comida e evitar uma reclamação.

+MasterChef Brasil terá episódio apenas com participantes negros
+MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+MasterChef: campeão surpreende e chama Fogaça de ‘delícia’

Mas nem todos os cozinheiros pensam assim – e isso pode custar a eles o emprego, como revelou o jurado do MasterChef Brasil Henrique Fogaça ao “Portal da Band”. “Já tive profissionais que trabalharam comigo e não gostavam de comer”, contou.

Segundo o chef, um desses funcionários que não era muito chegado em experimentar as receitas ficou por quatro anos em seu restaurante. Mas alguns pratos saíram errado e ele teve que conversar com o integrante da equipe.

“Questionava muito essa relação que ele tinha com a comida, de não gostar de comer. Provar é fundamental. No final, ele perdeu o emprego”, disse. “Não provar é um grande erro e comum até para os profissionais”, explicou Fogaça.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana