Noticias

Empresa quer reduzir aquecimento global com cerveja e batatas

Foto: iStock

da redação da Menu

Batatas chips são um dos petiscos mais tradicionais para acompanhar um copo bem gelado de cerveja. A fabricante de chips Walkers, do Reino Unido, porém, quer usar essa combinação para reduzir as emissões de poluentes e ajudar a controlar o aquecimento global.

+Evento de Alex Atala sobre alimentação será online nas próximas edições
+Homem deixa gorjeta de US$ 3 mil após tomar só uma cerveja
+Guinness faz recall de recém-lançada cerveja sem álcool

A empresa (que pertence à gigante PepsiCo) fez uma parceria com a startup CCm Technologies para reaproveitar restos de batatas e transformar essas sobras em fertilizante. Para obter o resultado, a CCm usa o gás carbônico liberado durante a produção de cervejas.

Segundo a Walkers, o método desenvolvido pela startup foi testado neste ano e o fertilizante foi usado para produzir ainda mais batatas. As empresas esperam que a tecnologia seja totalmente implementada até o próximo ano, a tempo de ser usada na safra de batatas de 2022.

“A reutilização sustentável de resíduos representa um grande passo para demonstrar que a agricultura pode ter um papel essencial na redução de emissão de dióxido de carbono”, disse Pawel Kisielewski, um dos fundadores da CCm, em entrevista à BBC.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana