Noticias

Queijo e vinho tinto ajudam a manter o cérebro saudável, diz estudo

Foto: iStock

da redação da Menu

Um estudo divulgado na edição de novembro do Journal of Alzheimer’s Disease, periódico especializado na publicação de artigos científicos sobre a Doença de Alzheimer, confirmou que algumas comidas fazem o cérebro funcionar melhor por mais tempo.

+Junk food reduz atividade do cérebro, afirma pesquisa
+Home office fez pessoas consumirem mais álcool, diz estudo
+Pimenta malagueta pode reduzir risco de morte em até 25%, diz estudo

Produzido pela Universidade Estadual de Iowa (EUA), o levantamento analisou informações sobre os hábitos alimentares de cerca de 1.800 moradores do Reino Unido, com idades entre 47 e 77 anos.

Essas pessoas também participaram de um teste de inteligência online, com questões de compreensão de texto e lógica. Os resultados foram então comparados com os alimentos ingeridos pelos entrevistados.

De acordo com a pesquisa, os participantes que consumiram mais queijo e vinho tinto conseguiram resultados melhores nos testes. Os queijos protegem a atividade cerebral, enquanto os vinhos melhoram o desempenho do cérebro, afirmaram os pesquisadores.

O estudo, porém, não informa quantas vezes por semana é preciso ingerir esses alimentos para conseguir os benefícios descobertos. Enquanto isso, os responsáveis pelo levantamento recomendam aproveitar essas comidas com moderação.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana