Bebida

Cerveja está em falta nos mercados e preço deve aumentar

Foto: iStock

da redação da Menu

A falta de insumos como embalagens de vidro e alumínio está causando um problema sério para os brasileiros neste fim de ano: está faltando cerveja nas prateleiras dos supermercados e o preço da bebida deve subir neste fim de ano.

+Empresa quer reduzir aquecimento global com cerveja e batatas
+Pubs britânicos vão jogar fora milhões de litros de cerveja
+É verdade que cerveja pode retardar o envelhecimento?

Segundo estudo desenvolvido pela Neogrid, empresa de Joinville especializada na monitoração da cadeia de suprimentos, a falta de cerveja nas gôndolas foi de cerca de 10% em novembro de 2019. Já em novembro deste ano, a escassez do produto chega a quase 20%, um recorde para a categoria.

“Às vésperas das festas de final de ano, vemos o índice crescer mais um pouco. Todas as cervejarias apresentam falta de pelo menos um de seus produtos e o índice nunca foi tão alto”, afirmou Rodrigo Leão, executivo da Neogrid, ao site NSC Total.

“A raiz do problema está na cadeia produtiva e na falta de insumos para a produção de embalagens de vidro e alumínio. Ainda não é o caso de desabastecimento, mas uma luz de alerta se acende”, acrescentou Leão.

Segundo reportagem do “Estadão”, o problema atinge também as microcervejarias. Além de latas e garrafas de vidro, os pequenos produtores estão com dificuldade para receber rótulos e até caixas de papelão.

A conta, infelizmente, será repassada para os consumidores. Como a demanda está alta, o valor desses insumos sobe e pressiona as finanças das cervejarias. Ou seja, as empresas que conseguirem levar seus rótulos às prateleiras terão que aumentar os preços para arcar com os novos custos de produção.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana