Noticias

MasterChef 2020: vencedora da grande final tinha vergonha da gastronomia

Foto: Carlos Reinis/Band

da redação da Menu

Quando pisou no MasterChef pela primeira vez, em julho, Anna Paula fez história ao apresentar um hambúrguer gigante que virou até meme nas redes sociais. Na época, ao vencer o programa com a receita, a paulista creditou à “sorte” o motivo da vitória.

+Confira os competidores da grande final do MasterChef 2020
+Jacquin e Paola pedem mais conhaque e internautas não perdoam
+MasterChef: competidora que se preparou por 6 anos chora ao ser eliminada

Nesta terça-feira, 29, no entanto, Anna voltou à competição para a ‘Grande Final’ do ano e mostrou que tem talento de sobra e que é a melhor cozinheira amadora de 2020.

Vencer a sétima temporada do reality show foi um marco para a arquiteta que, por muito tempo, teve vergonha de assumir a gastronomia. “Ficava com uma pulga atrás da orelha, pensava que tinha estudado tanto e que já tinha uma profissão. Tinha medo de me assumir cozinheira. Tratava isso como sendo algo menor, mas não é”, contou a vencedora ao “Portal da Band”.

Consagrada pelos jurados como a grande campeã da sétima temporada, Anna disputou com mais de 20 cozinheiros, que também venceram episódios ao longo do ano. Na prova decisiva da noite, ela mostrou uma receita de refogado de camarão com chuchu ao molho de moqueca.

Aos 50 anos, participar do programa mudou as perspectivas da paulista para seu futuro profissional. “Nada se compara a ter a chancela de três renomados profissionais que já viram e comeram de tudo. Mudou a minha autoestima”, afirmou. “Quero esperar a ficha cair e estruturar um espaço para trabalhar com delivery de comida em casa.”

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana