Bebida

Quarentena faz venda de vinhos aumentar 31% em 2020

Foto: iStock

da redação da Menu

Ao contrário de muitos negócios da gastronomia que tiveram graves prejuízos por causa da pandemia do novo coronavírus, como bares e restaurantes, o mercado de vinhos teve alta de 31% em 2020.

+Samsung exibe robô que serve vinho e põe a louça para lavar
+Polícia impede roubo de vinhos avaliados em R$ 3 milhões na França
+Marinha vai comprar 36 mil garrafas de vinho por R$ 828 mil
+Leia mais notícias sobre o mercado de vinhos

No total, fora comercializados 501,1 milhões de litros da bebida em 2020, contra 383,9 milhões de litros no ano anterior. O principal motivo para o crescimento das vendas foi o isolamento social, de acordo com levantamento divulgado pelo site “G1”.

O estudo foi feito pela Ideal Consulting, empresa que mede o comércio entre as vinícolas e supermercados, lojas e restaurantes, somando importações. Os números captam, portanto, a formação de estoque e não a venda na ponta.

As vendas de vinhos nacionais subiram 32,4% no ano passado, enquanto os rótulos importados tiveram crescimento de 26,5%. Assim, o produto brasileiro ganhou 3 pontos percentuais no mercado. A preferência por vinhos brasileiros é efeito direto do dólar mais alto, que teve alta acumulada de 29% em 2020.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana