Para complementar a renda, a atriz pornô Lonna Wells, de 33 anos, também trabalhava como garçonete em uma unidade da rede de fast-food Taco Bell no Estado de Arkansas (EUA).

+Mulher recebe conta com comentário indiscreto em restaurante do RJ
+Chef egípcio é preso por fazer bolos “imorais” em formato de pênis
+Garçonete vira modelo e ganha 10 vezes mais com fotos sensuais

Conciliar as duas profissões, porém, se tornou um problema. Lonna foi demitida da loja em que trabalhava após a reclamação de um cliente. O homem, que se define como um “cristão temente”, disse que não estava se sentindo confortável em ir à loja da Taco Bell por causa dos vídeos de Lonna. Ele não contou, entretanto, como descobriu que a garçonete também atuava em vídeos eróticos.

“Eles nem mesmo me deram um aviso ou esperaram eu chegar lá para dizer algo. Eu comecei a chorar muito. Não sei se é porque eu estava brava, chateada, ou as duas coisas”, disse em entrevista ao site “The Daily Beast”.

Segundo a atriz, ela já havia revelado sobre sua ocupação para seus superiores da rede de fast-food e eles lhe garantiram que isso não seria um problema.

A carreira de Lonna é extensa, com diversos vídeos para sites adultos e até uma conta no OnlyFans, o que a ajudou muito durante a pandemia. A atuação da jovem é tão boa que ela já foi indicada ao AVN – uma espécie de Oscar dos filmes adultos.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana