Noticias

Chef egípcio é preso por fazer bolos “imorais” em formato de pênis

Foto: iStock

da redação da Menu

As autoridades egípcias prenderam nesta segunda-feira (18) um chef que fazia bolos em forma pênis para uma festa de aniversário no Al-Jazirah Club. Uma fonte das forças de segurança disse que os doces eram uma “incitação à imoralidade”.

+Homem é preso se masturbando em McDonald’s de Curitiba
+Mulher chama a polícia após confundir pedaço de carne com pênis

Segundo a imprensa estatal, membros do clube reclamaram que as pessoas que participaram da festa e o organizador deveriam ser investigados.

De acordo com o site “Monitor do Oriente Médio”, o Ministério da Juventude e Desportos emitiu um comunicado à imprensa e afirmou que iria formar uma comissão jurídica para tomar as devidas decisões sobre o incidente.

Já a direção do Al-Jazirah Club disse que vai usar as câmeras de segurança para identificar os autores.

Nas redes sociais, várias pessoas criticaram o governo egípcio por sua crescente repressão, principalmente às mulheres, sob o nome de “imoralidade” e “devassidão”. Muitas usuárias do TikTok, por exemplo, foram processadas sob o argumento de que os vídeos que publicam ofendem os valores familiares.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana