Receitas

Governo Bolsonaro comprou leite condensado suficiente para fazer 6,8 mil pudins por dia

Foto: Divulgação

da redação da Menu

Uma das notícias mais comentadas do começo desta semana é a lista de compras de alimentos do Governo Jair Bolsonaro. Segundo levantamento do site “Metrópoles”, o Executivo gastou mais de R$ 15 milhões com a compra de leite condensado e outros itens de alimentação.

+Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões só com leite condensado em 2020
+Burger King ironiza Paulo Guedes em propaganda; assista

Levando em consideração que o preço médio de uma lata ou caixinha de 395 g de leite condensado é de R$ 6, o governo federal comprou cerca de 2,5 milhões de unidades do produto em 2020.

A quantidade é suficiente para fazer 6.850 pudins de leite condensado por dia (as compras de ovos, leite e açúcar também foram expressivas). Para o cálculo, usamos a receita clássica de pudim de leite condensado, que pede uma lata ou caixinha de 395 g. Confira a seguir.

Pudim de Leite Condensado

por Nestlé

Ingredientes
Calda
– 1 xícara (chá) de açúcar
– 1/2 xícara (chá) de água quente

Pudim
– 1 lata ou caixinha de leite condensado (395 g)
– 800 ml de leite integral
– 3 ovos

Preparo
Calda
1) Em uma panela de fundo largo, derreta o açúcar até ficar dourado.
2) Junte a água quente e mexa com uma colher.
3) Deixe ferver até dissolver os torrões de açúcar e a calda engrossar.
4) Forre com a calda uma forma com furo central de 19 cm de diâmetro e reserve.

Pudim
1) Em um liquidificador, bata todos os ingredientes do pudim e despeje na forma reservada.
2) Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (180°C), em banho-maria, por cerca de 1 hora e 30 minutos.
3) Depois de frio, leve para gelar por cerca de 6 horas.

Para servir
Desenforme e sirva a seguir.

Rendimento: 8 porções
Preparo: 2 horas (+6 horas de geladeira)
Execução: fácil

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana