Noticias

França muda legislação que proibia almoçar nas mesas de escritório

Foto: iStock

Embora almoçar em frente ao computador não seja um hábito exatamente saudável, é algo bastante normal em escritórios do mundo inteiro, especialmente nos EUA, e que ficou ainda mais comum por causa da pandemia do novo coronavírus.

+Pandemia e auxílio emergencial fazem brasileiro beber mais cerveja
+Empresário é preso por oferecer churrasco grátis a quem matar João Doria
+Outback passa a atender por delivery durante a madrugada em SP

Agora, até mesmo os franceses, que encaram suas refeições com muita seriedade, se renderam à prática, que era proibida por lei: de acordo com o jornal “Le Figaro”, o governo alterou no fim de janeiro a regra que impedia os trabalhadores de se alimentar em suas mesas de trabalho.

Felizmente, essa é uma regra temporária e a proibição de almoçar de frente para o computador deve voltar uma vez que a pandemia do novo coronavírus for controlada – talvez demore um pouco para que isso aconteça, mas os franceses definitivamente não querem cultivar esse hábito.

“Nós franceses temos ideias totalmente diferentes sobre o trabalho”, afirmou Agnès Dutin, uma tradutora aposentada, ao jornal “The New York Times”. “Comer de frente para o computador é uma catástrofe. Você precisa fazer uma pausa para descansar a cabeça e é importante movimentar o corpo. Quando você volta, enxergar as coisas de uma maneira diferente”, acrescentou Agnès.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana