Noticias

Prostituta é acusada de matar chef por overdose nos EUA

Foto: Facebook/Reprodução

Uma prostituta foi acusada nesta quarta-feira (24) de matar por overdose o chef Andrea Zamperoni, então com 33 anos, do Cipriani Dolci, considerado um dos restaurantes mais requintados de Nova York (EUA).

+Grupo de jovens promove quebra-quebra em loja do Burger King em SP
+Homem esfaqueia o irmão 6 vezes em briga por comida no MS
+Procon-SP multa churrascaria que ironizou crimes famosos

De acordo com os procuradores, em agosto de 2019, Angelina Barini, de 42 anos, e seu então namorado, Leslie Lescano, 44, atraíram o chef para o motel Kamway Lodge e batizaram seu drinque com GHB, droga usada por estupradores para dopar suas vítimas.

Após drogar Zamperoni, Lescano roubou o cartão de crédito do chef e saiu para comprar cigarros, bebidas e comida. Enquanto Angelina aguardava o namorado voltar, porém, o cozinheiro teve uma overdose e morreu no quarto do motel.

Desesperada, a prostituta foi a um beco próximo, roubou uma lata de lixo grande e levou a lixeira para o quarto, com a intenção de ocultar o corpo do chef. Apesar do crime, o casal não pensou em fugir e continuou no motel gastando o dinheiro da vítima.

Eles foram encontrados três dias depois pela polícia, que investigava o desaparecimento de Zamperoni. Ao entrar no quarto, os oficiais sentiram “um forte odor de cadáver, misturado com incenso, usado pelos criminosos para disfarçar o mau cheiro”, de acordo com documentos judiciais obtidos pelo jornal “New York Post”.

Os policiais também viram uma lata de lixo com “um pé humano para fora” e encontraram um serrote e uma mala, que seria usada para desovar o cadáver.

Angelina e Lescano estão presos sem direito à fiança e ainda não foram julgados pelas autoridades de Nova York. Lescano pode ser condenado a 20 anos de prisão, enquanto Angelina deverá ser sentenciada à prisão perpétua pelo crime.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana