Noticias

“Vergonha da profissión”: Jacquin comenta as piores brigas do reality

Foto: Carlos Reinis/Band

Tentar salvar um restaurante da falência (ainda mais em tempos de pandemia)
é capaz de deixar qualquer um irritado. Mas alguns chefs ficam mais estressados, caso de Erick Jacquin, apresentador do reality show “Pesadelo na Cozinha” e jurado do “MasterChef Brasil”.

+Pizza com ketchup? Jacquin comenta “tretas” gastronômicas; assista
+Jacquin fica “pistola” ao tomar suco com água de torneira
+Restaurante do ‘freezer desligado’ tenta construir nova imagem

Ambientes sujos, dívidas e brigas tiram Jacquin tão do sério, que ele não pensa duas vezes antes dar broncas homéricas nos participantes do “Pesadelo na Cozinha”. E, em alguns casos, o cozinheiro francês reconhece que passa dos limites, de acordo com reportagem do “Portal da Band”.

Na maioria das vezes, porém, as situações são tão absurdas que só berros resolvem, acredita Jacquin. “Às vezes me arrependo e, cinco minutos depois, eu falo: ‘Nossa, fui muito duro, foi difícil, foi muito forte'”, admite. “Mas às vezes é muito merecido”, acrescenta.

Em duas temporadas do “Pesadelo”, o chef já precisou tirar proprietários dos restaurantes, ensinar como se limpa uma cozinha, organizar geladeiras e até se meter em brigas de familiares. Confira no vídeo a seguir o que tira Jacquin do sério.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana