Noticias

Para driblar crise, restaurante parcela conta em dez vezes sem juros

Foto: Divulgação

Coronavírus, inflação e desemprego em alta são fatores que têm derrubado o faturamento de bares e restaurantes no mundo inteiro e levado milhares de estabelecimentos à falência.

+Ceará dará auxílio de R$ 1.000 a trabalhadores de bares e restaurantes
+Rivais processam iFood por causa de contratos de exclusividade
+Manifestantes tentam impedir fechamento do maior restaurante chinês de NY

Para driblar essa situação, porém, o restaurante Alyah Sweets, de São Paulo, adotou uma forma de pagamento bem popular entre os brasileiros: o parcelamento em até dez vezes sem juros, pelo cartão de crédito, da conta do almoço ou jantar.

A iniciativa passou a valer no último sábado, quando também passou a vigorar no Estado de São Paulo a fase vermelha do Plano São Paulo, que impões restrições mais severas ao comércio e à circulação de pessoas. Bares e restaurantes, por exemplo, não podem atender clientes presencialmente.

Issam Sidom, sócio do Alyah, espera que a iniciativa ajude o estabelecimento a sobreviver à pandemia e preservar os empregos de seus mais de 100 funcionários. “Faremos tudo que estiver ao nosso alcance para manter nossa loja e marca crescendo e o parcelamento é uma ótima ferramenta de venda, ainda mais em momentos instáveis. É tempo de se reinventar e ousar”, afirmou Sidom.

Além do parcelamento, o Alyah vai atender pelo sistema de drive-thru, de segunda a sexta-feira, inicialmente por 15 dias. O cliente faz o pedido por WhatsApp ou pelo site e retira os pratos sem precisar sair do carro.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana