Noticias

Tenente é condenado por desviar comida do quartel para restaurante de fachada

Foto: iStock

O Superior Tribunal Militar (STM) condenou um sargento da reserva e um tenente do Exército por participarem de um esquema de desvio de comida para um restaurante de fachada

+Militares compraram picanha e cerveja com dinheiro público
+Governo Bolsonaro comprou leite condensado suficiente para fazer 6,8 mil pudins por dia

De acordo com o site “Tudo Rondônia”, o restaurante fake funcionava para escoar o material roubado do 22º Depósito de Suprimento, localizado em Barueri (SP).

O sargento da reserva foi condenado a 1 ano e 8 meses de reclusão por receptação (artigo 254 do Código Penal Militar), enquanto o tenente foi condenado a 6 anos e 8 meses de reclusão por peculato (artigo 303).

A denúncia foi feita por um cabo que trabalhava no mesmo quartel. No dia 18 de maio de 2018, por volta das 10h20, o tenente se apropriou de caixas de carnes, que foram escondidas em sacos plásticos e levadas por uma viatura até a residência do ex-sargento.

O cabo forneceu provas como áudios recebidos via aplicativo de mensagens, nos quais o tenente relatou todo o ocorrido e ressaltou a sua intenção de ocultar provas e de direcionar os depoimentos das testemunhas.

As investigações indicaram que o desvio não foi um fato isolado e ocorriam regularmente desde 2016, época em que o tenente assumiu a função de responsável pelo setor de abastecimento do quartel.

De acordo com depoimentos de investigados, o tenente inaugurou um restaurante em frente ao quartel e, a partir daí, a quantidade dos itens subtraídos aumentou consideravelmente. Além de alimentos, foram desviados utensílios de cozinha, como cubas de alumínio, taças de sobremesa, pegadores de alimento, entre outros.

Após apelação, a Justiça Militar da União, em São Paulo, condenou o sargento a 1 ano e 8 meses de reclusão. O tenente, por sua vez, foi sentenciado a 6 anos e 8 meses de prisão.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana