Noticias

Aprenda a identificar golpes na hora de comprar peixes e frutos do mar

Foto: iStock

De acordo com um levantamento publicado nesta segunda-feira pelo jornal britânico “The Guardian”, cerca de 40% dos peixes e frutos do mar à venda no mundo são fraudados. O estudo analisou informações de mais de 9 mil amostras de produtos comercializados em supermercados, peixarias e restaurantes.

+Aprenda a identificar azeites falsificados ou com defeitos
+Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado
+Polícia italiana prende quadrilha que falsificava vinhos de luxo

O tipo de fraude mais comum é a comercialização de pescados de menor valor como se fossem produtos mais caros, indica a pesquisa. “Os peixes são vendidos sem pele, cabeça ou rabo, dificultando sua identificação”, explicou Alan Reilly, professor do Instituto de Alimentação e Saúde da Universidade de Dublin, em entrevista ao “Guardian”.

Mas não precisa se preocupar. Para não levar tilápia no lugar de filé de pescada, basta prestar atenção em alguns detalhes, garante Reilly. Confira a seguir as dicas do especialista.

Peixão
Sempre que possível, compre pescados inteiros e peça para que os especialistas limpem e cortem os peixes da maneira que você preferir. Além de garantir a procedência, você pode aproveitar a cabeça e sobras dos pescados para preparar caldos e outras receitas.

Pergunte
Muitos peixes são vendidos com nomes genéricos. Há várias espécies vendidas como bacalhau, por exemplo. Na dúvida, pergunte ao peixeiro a origem do produto e qual sua espécie: bons fornecedores colocam essas informações nos rótulos.

Pesquise
Há várias fontes sobre pescados online e até um app para celulares Android e iOS, com fotos e informações detalhadas sobre a fauna marinha, o FishVerify, ideal para tirar dúvidas em frente ao balcão de peixes e frutos do mar.

Desconfie
Se o preço de um peixe (ou de um prato em um restaurante) estiver muito convidativo, desconfie e procure descobrir o preço do ingrediente pelo Google. Caso a oferta seja muito boa, pergunte o motivo do desconto – às vezes o produto está próximo da data de validade.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana