Noticias

Chef britânico é condenado por drogar e violentar cinco mulheres

Foto: Irving of Exeter

O chef britânico Tom Wade-Allison, de 25 anos, foi julgado e declarado culpado por drogar e violentar ao menos cinco mulheres na Inglaterra, entre 2016 e 2017, sendo que algumas delas foram abusadas mais de uma vez. À época, as vítimas tinham entre 17 e 20 anos.

+Food truck de Chicago vendia sanduíches de salame e armas ilegais
+Salsicha mordida ajuda polícia alemã a resolver caso arquivado há 9 anos
+Tenente é condenado por desviar comida do quartel para restaurante de fachada

De acordo com a Justiça do Reino Unido, Wade-Allison batizava as bebidas que oferecia às vítimas, como gim-tônica, deixando-as sem capacidade de reação em poucos minutos, e depois estuprava as mulheres.

As primeiras quatro vítimas, porém, não comunicaram os crimes à polícia. O chef só foi preso após atacar uma quinta mulher, que denunciou Wade-Allison. Foi somente após a prisão do cozinheiro que as outras jovens tomaram coragem para relatar o crime às autoridades.

A sentença do chef será anunciada no próximo dia 15 de abril e o juiz do caso, Timothy Rose, já indicou que ele “ficará preso por muitos anos”, segundo reportagem da BBC.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana