Noticias

Clientes de restaurante se escondem em vestiário para fugir de fiscais

Foto: Secretaria de Saúde de Aracaju

Para tentar enganar a fiscalização da Vigilância Sanitária e evitar ser multado por receber mais pessoas que o permitido, o dono de um restaurante de Aracaju, capital de Sergipe, achou que era uma boa ideia esconder os clientes no vestiário do estabelecimento. O caso aconteceu na semana passada, de acordo com reportagem do site “G1”.

+Restaurante japonês de Curitiba faz festa com sexo em meio à pandemia
+Restaurante em Portugal faz festa clandestina e clientes tentam fugir pelo esgoto
+Mais de 150 bares e restaurantes de SP quebraram regras para reabertura

Como era de se imaginar, a estratégia não deu muito certo. Antes mesmo de entrar no estabelecimento, os fiscais perceberam que havia gente demais no local. O dono do restaurante até tentou ganhar tempo e baixou as portas para evitar que os agentes entrassem – foi também nesse momento que ele mandou os clientes se esconderem no vestiário.

Os fiscais, porém, não desistiram. “Batemos à porta para que abrissem, mas demoraram um pouco. Quando levantaram as portas vimos que não havia clientes. Procuramos dentro do estabelecimento e os encontramos amontoados no vestiário dos funcionários”, disse Michelli Rios, fiscal da Vigilância Sanitária, que não revelou quantas pessoas estavam no local.

O dono do local foi multado por desrespeitar o limite de 30% da capacidade dos estabelecimentos, medida adotada pelo governo sergipano para conter o crescimento de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana