Noticias

Mafioso é preso por causa de vídeo de culinária italiana

Foto: iStock

Foragido há quase sete anos, o mafioso italiano Marc Feren Claude Biart, de 53 anos, foi preso na semana passada por causa de um vacilo: ele esqueceu de cobrir suas tatuagens antes de postar um vídeo no YouTube em que aparece cozinhando receitas de seu país.

+Coleção de vinhos do maior mafioso dos EUA é colocada à venda
+Funcionário de fast-food é atacado por 4 mulheres nos EUA; assista
+Chef britânico é condenado por drogar e violentar cinco mulheres

Biart teve sua prisão decretada pela justiça italiana em 2014 por tráfico de cocaína na Holanda e associação com a ’Ndrangheta, uma das organizações mafiosas mais poderosas do mundo, de acordo a agência de notícias France Presse.

Desde então, ele estava escondido na cidade de Boca Chica, no litoral da República Dominica. Sua localização só foi possível porque ele e sua esposa têm um canal de culinária italiana no YouTube.

Biart nunca mostrava o rosto nas gravações, mas em uma delas ele esqueceu de esconder as tatuagens. A pista foi suficiente para que as autoridades dominicanas encontrassem o mafioso. Ele será extraditado para a Itália, onde será julgado e, provavelmente, condenado a uns bons anos de prisão.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana