Noticias

Churrasco de Bolsonaro teve picanha que custa R$ 1.799 o quilo

Churrasco de Bolsonaro teve picanha que custa R$ 1.799 o quilo
Churrasco de Bolsonaro teve picanha que custa R$ 1.799 o quilo / Foto: Churrasco do Tchê/Facebook

Para celebrar o Dia das Mães, o presidente Jair Bolsonaro organizou um churrasco no Palácio da Alvorada, sua residência oficial, onde foram servidas pedaços de picanha que custam R$ 1.799 por quilo.

+Jantar para Bolsonaro gera mal estar e aplausos entre empresários, diz jornal
+Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões só com leite condensado em 2020

A “picanha do Mito” é produzida pelo Frigorífico Goiás e sua embalagem traz uma caricatura do presidente e o seu lema de campanha: “Brasil acima de todos, Deus acima de tudo.”

Instagram will load in the frontend.

Os cortes são obtidos de bois da raça Wagyu, considerados uma das mais macias do mundo, e famosos pelo alto preço, segundo reportagem da “Folha de S. Paulo”.

Elas foram levadas ao evento pelo churrasqueiro Tchê, de Belém do Pará, contratado pelo governo para preparar o almoço de Dia das Mães de Bolsonaro e sua família.

Conhecido pelo apelido “Churrasqueiro dos Artistas”, Tchê aparece ao lado de diversas celebridades em sua página no Instagram, como o cantor Gusttavo Lima, a ministra Damares Alves e Romero Britto.

Em seu perfil também é possível ver que Tchê já fez outros churrascos para a família Bolsonaro, com fotos ao lado do presidente e da primeira-dama, Michelle.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana