Noticias

Luciano Hang chama a atenção em restaurante da elite em São Paulo

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um dos mais famosos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, o bilionário Luciano Hang, chamado de “Véio da Havan” por seus opositores (e por alguns de seus simpatizantes), atraiu atenções na noite desta segunda-feira (7).

+Chef fecha delivery por causa de aglomeração de Bolsonaro no RJ
+Rita Lobo rebate Bolsonaro e dá receita para “idiotas que ficam em casa”
+Churrasco de Bolsonaro teve picanha que custa R$ 1.799 o quilo

Hang foi visto ao jantar na Rodeio, uma das churrascarias mais caras de São Paulo, localizada no bairro dos Jardins, com a mulher, o filho e mais cinco convidados.

Segundo reportagem do “Terra”, o empresário procurou ser discreto e ocupou uma mesa próxima à principal janela, que ficou coberta por meia cortina para evitar chamar a atenção dos pedestres.

Ainda assim, o grupo não passou despercebido no salão do restaurante, frequentado por celebridades, políticos e socialites. Provavelmente porque dois dos integrantes da comitiva de Hang vestiam a inconfundível camiseta verde das lojas Havan.

Dono de fortuna avaliada em US$ 2,7 bilhões (R$ 13,6 bilhões), Hang não deve ter tido problema com a conta: uma picanha fatiada no famoso restaurante custa R$ 218, a porção para uma pessoa.

(*) Da redação da Menu

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Garçonete demitida por ciúmes agora fatura com fotos sensuais
+ Chef Henrique Fogaça fecha restaurante no RJ e demite 200 funcionários
+ Torta de sorvete é sobremesa para fazer no fim de semana